[RESENHA BOOK TOUR] Lexus - Paulo Henrique Bragança

Hey, pessoas!

A resenha de hoje faz parte de um Book Tour do qual o blog está participando, e já devia ter saído há alguns dias, mas eu não conseguia me acertar com o botãozinho de programar, e o post nunca era publicado. Sim, sou lesada mesmo! Então sem mais delongas vamos às minhas impressões sobre Lexus - O Despertar da Escuridão, primeiro livro de Paulo Henrique Bragança, publicado recentemente pela editora Arwen!

Lexus

TÍTULO: Lexus - O Despertar da Escuridão (#1)
AUTOR: Paulo Henrique Bragança
EDITORA: Arwen
NÚMERO DE PÁGINAS: 156 páginas
SINOPSE: Na cidade de Campos Elíseos, onde todas as condições de vida eram ideais, houve uma catástrofe de proporções inimagináveis. Tomados pelo terror, a verdadeira face da humanidade se revela — fria e cruel. Bianca, uma adolescente comum, jamais imaginaria que faria parte da história. Jamais iria supor que ela seria a esperança para a cura da raça humana. Numa aventura cheia de perdas e de descobertas, só existe um objetivo: sobreviver.



    

Bianca é uma adolescente comum, com dramas comuns, que vive na cidade de Campos Elíseos, um lugar sustentado por um laboratório governamental de pesquisas biológicas chamado Lexus, responsável pelo emprego e sobrevivência da maioria dos habitantes, inclusive dos pais da garota. Em um dia como todos os outros, Bianca recebe a notícia de que seus pais precisam viajar urgentemente para um reunião de trabalho, e que a ordem da casa ficará a cargo de seu irmão mais velho Lucas. Tudo estava correndo bem, até qye um suposto ataque terrorista devasta o laboratório Lexus, e uma estranha nuvem de poeira se espalha pela cidade, transformando todos os habitantes infectados em canibais ferozes e incontroláveis. O que Bianca ainda não sabe é que esse desastre mudará para sempre seu destino, e ela precisará ser muito corajosa para enfrentar tudo que está por vir.

Lexus - O Despertar da Escuridão é uma história que me deixou curiosa desde as primeiras impressões que fiz do livro (pra quem não viu, aqui), e eu confesso que estava desesperada pelo restante da história. Ele é o livro que nos insere no mundo do laboratório Lexus e de todas as desgraças que acontecem em Campos Elíseos. Por conta disso, a primeira parte da narrativa é dedicada à apresentação do cenário e dos personagens em si. A ambientação feita pelo autor é bastante detalhada, e realmente conseguimos compreender como funciona todo o mecanismo de poder que Lexus exerce sobre as famílias e moradores da cidade.

A ação em si começa na segunda parte do livro, a partir do ataque sofrido pelo laboratório, onde a epidemia acontece. Deste momento em diante, Paulo soube conduzir exatamente na medida certa os eventos e acontecimentos que permearam o enredo. Achei simplesmente genial a forma como ele emendou cenas elétricas em outras ainda mais aventurescas, é ação que não acaba mais, e o leitor só consegue respirar depois de chegar ao fim do livro.

As informações são dadas aos poucos, apesar de a primeira parte já nos embasar para o restante do livro. Muitas surpresas e reviravoltas entram em cena, e isso só deixa o leitor ainda mais vidrado na história. O livro é curto, e com todos esses momentos e estratégias do autor, consegui ler ele em menos de um dia! O ritmo é extremamente alucinante, o que faz a gente ficar atento a todos os detalhes, para conseguir acompanhar toda a trama.

Bianca é uma protagonista adolescente, e Paulo a escreveu exatamente assim. Seu humor e personalidade não são fixos, muitas vezes me peguei tentando compreender onde ela queria chegar com suas atitudes, enquanto em outras fiquei boquiaberta com a força e maturidade que ela demonstrou. Me senti ligada a ela, era como se eu conseguisse acompanhar todas as mudanças que ocorreram na vida dela, e a compaixão para com a situação que a menina vive foi bem forte em mim como leitora. 

Lucas é o irmão mais velho de Bianca, e eu acredito que o caráter dele não tenha ficado esclarecido para mim. Não saberia dizer se ele é vilão ou mocinho, mas eu posso afirmar com toda certeza que ele é leal aos que ama, fiel aos seus princípios, e que protege aqueles que fazem parte da sua vida a todo custo. Nesse quesito eu admirei o rapaz. O que me deixou em dúvida sobre ele foi a raiva que ele demonstrou em vários episódios do livro, principalmente depois que a epidemia começou. Eu entendo que a situação talvez tenha-o obrigado a tomar decisões um tanto drásticas, mas eu confesso que achei algumas ações um pouco exageradas, mesmo nesse caos que se tornou a cidade.

Muitos outros personagens permeiam a obra, e o mais interessante é que todos eles têm uma função específica e indispensável dentro dessa trama, o que torna as coisas muito mais envolventes, visto que a história se transforma em um enredo complexo e cheio de conexões, que nos surpreendem e mudam o rumo e o desfecho a todo momento.

Uma das coisas que mais gostei dentro do livro foi o universo construído pelo autor. Sim, histórias de zumbis não são novidades dentro do mundo literário, mas acontece que eu não definiria esses seres exatamente como zumbis. Eles são humanos, que simplesmente se transformaram, e nem sabem o que causou isso. A forma como tudo acontece, rápido e irreversível, acabou me deixando ansiando por mais explicações, e acho que isso foi uma grande sacada do autor para o gancho do próximo volume.

Paulo também não tem problemas em matar personagens, e isso, apesar de me quebrar o coração em vários momentos, acabou deixando a narrativa num outro ângulo que não o de finais sempre felizes com os quais estamos acostumados. Gosto desta perspectiva, ela me tira da zona de conforto, e isso acaba rendendo sempre boas reflexões e hipóteses sobre a continuação da história.

Pra todos vocês que curtem histórias com muita ação, cheia de surpresas e códigos a desvendar. Pra todos vocês que gostam de tentar entender mistérios muitas vezes inexplicáveis. Pra todos vocês que amam criaturas sobre-humanas, de heroínas adolescentes e vilões que na verdade não são exatamente isso, Lexus é um prato cheio. Eu fiquei mais do que satisfeita com a leitura, e agora vou esperar ansiosamente (inclusive vou cobrar isso do Paulo) pela continuação!

Espero que tenham curtido a resenha! Beijos! Até a próxima postagem!

[BOOK TOUR] A Fada Madrinha, de Kate Willians

Hey, pessoas!

O LV participará de mais um Book Tour, desta vez do livro A Fada Madrinha, lançamento recente da autora Kate Willians pela editora Arwen. Antes de qualquer coisa, vamos conhecer um pouquinho mais sobre a história?

A fada Madrinha

Uma princesa mal humorada. Um príncipe nada encantado e uma fada para lá de atrapalhada. Isso vai terminar em casamento ou em uma grande confusão? O sonho da fada Emily sempre foi ser responsável por um “Felizes para Sempre” e ela está disposta a tudo para realizar seu sonho. A princesa Cate nunca quis o seu “Felizes para Sempre”, mas não está nada conformada com seu destino. Harry não está nem aí para o “Felizes para Sempre”, só quer se livrar da chata da Cate. Quando todos precisam trabalhar juntos para restaurar a ordem no mundo das fadas, o que era importante torna-se insignificante e grandes verdades são reveladas. Tudo com muito humor e diversão.


Confesso que eu estou ansiosa para chegar logo a minha vez no circuito de leitura, porque tenho expectativas altíssimas com relação ao livro, ainda mais depois dessa capa maravilhosa! Agradeço à autora por dar mais um voto de confiança ao blog, é uma honra para mim estar fazendo parte desse trajeto literário tão lindo!

E vocês, já leram o livro? Conhecem o trabalho da autora? Me conte tudo! 

Até a próxima postagem! Beijos!

[DIVULGAÇÃO] As Coisas Que Perdemos, Denise Flaibam

Hey, pessoas!

Eu sei que estou em falta com todos vocês, que há algum tempo o blog anda desatualizado, e peço imensas desculpas por todo esse transtorno. Muitas coisas aconteceram na minha vida nos últimos tempos, e como estou no ano de formatura na faculdade, as disciplinas estão bastante complexas. Mesmo assim vou dar o máximo de mim pra me manter mais perto de vocês!

Para compensar, hoje vim trazer uma novidade diretamente da nossa parceira Denise Flaibam, autora da série Os Mistérios de Warthia: o lançamento do novo livro As Coisas Que Perdemos, uma aventura da Dê no gênero ficção, apocalipse.

O mais legal é que o livro será postado por completo no Wattpad antes de ir pra Amazon, o que facilita a todos vocês, leitores, na leitura. O primeiro capítulo será divulgado no dia 21 deste mês, e como sei que todos vocês estão ansiosos com essa espera, vamos conferir juntos a sinopse e capa oficial do livro, feita pela artista Mirella Santana!


Título: As Coisas Que Perdemos
Autor: Denise Flaibam
Fanpage - Wattpad
Sinopse: O mundo acabou como uma tempestade. Primeiro houve o caos, e então o silêncio. A Morte se espalhou pelas ruas. Morte, porque ela tomou a humanidade para si. O silêncio do fim foi substituído por uma orquestra de sons grotescos, pelo arrastar lento e caótico de corpos moribundos; pelos sons do medo. O que antes regia a sociedade não existe mais. Tudo foi deixado para trás. Viva ou morra. Lute ou morra. Mate ou morra. Dylan ouviu falar sobre um lugar seguro. Lá, ela e Max podem ter uma nova chance. O garotinho de quem ainda está cuidando, mesmo quando tudo acabou, é o seu gatilho para seguir em frente. Se não existe esperança, para que lutar? As fronteiras artificias que marcam o fim do mundo trilham perigos e incertezas para aqueles que escolheram viver, e uma assustadora pergunta passará a comandar todos os movimentos dos que ainda resistem: até onde você irá para sobreviver?

Todos desesperados pelo dia 21 agora? Bem-vindos ao clube! Pretendo acompanhar o livro pelo Wattpad, e vou trazer aqui para vocês as minhas impressões sobre a história, portanto, não deixem de acompanhar o blog e as postagens da Dê!

Até a próxima postagem! Beijos!